Recents in Beach

header ads

Teatro - ALUCINAÇÕES, DELÍRIOS & DEVANEIOS

Imagem
Drama.

O texto é de Arnaldo D'Ávila e Jedsom Kárta, que também assinam a direção da encenação.
Na trama, um detetive é "conectado" para solucionar o desaparecimento de um médico, segue várias pistas, tentando desvendar alguns mistérios, que lugar é aquele? Porque as pessoas agem daquela forma? Diversas histórias entrelaçadas pela loucura: psicose, esquizofrenia, drogas, etc.

Kárta e D'ávila, já realizaram vários trabalhos juntos, dentre os quais se destacam as montagens Fred & Jack e Dia Sim, Dia Não, ambas com textos e direção de Alberto Santos e encenadas no Teatro Ruth Escobar, em São Paulo.

O espetáculo conta com a assistência de direção de Patricia Briz, uma jovem atriz, que já acompanha o trabalho da dupla de diretores desde 1998, quando eles começaram a ministrar oficinas e realizar pesquisas teatrais, ela também faz parte do elenco formado por 22 atores e atrizes, profissionais ou em formação, que participaram de uma oficina de três meses ministradas por D'Ávila e Kárta, são eles: Amanda Nascimento, Bruno Monari, Camilla Piva, Darciso Tarso, Dionisio Oliveira, Eliane Diniz, Fábio Freitas, Filipe Lacerda, Francisco Granja, Kaique Roller Monteiro, Lucas Lima, Lucia Braz, Maria Sales, Osmar Azevedo, Pâmela Oliveira, Patricia Briz, Priscila Senegalho, Railde Barbosa Lima, Riane Zohar, Rodolfo Chagas, Taila Lis e Viviane Corbani.

"Por ser a loucura, um tema muito rico e com inúmeras possibilidades de representação e construção de personagens e também pelo vasto material a ser estudado e possibilidades praticamente inesgotáveis de se abordar diferentemente esse tema, resolvemos contribuir com mais uma pesquisa sobre esse fantástico assunto tão representado na literatura, na poesia, no cinema, na música, e até mesmo no teatro." Afirmou Arnaldo D'Ávila, que ainda salientou: "O desejo do grupo é dar continuidade ao trabalho, estamos em busca de espaços. Em "Alucinações, Delírios e Devaneios", são abordados vários aspectos da loucura, tanto do lado escuro, quanto do lado poético, durante o processo de construção da dramaturgia os participantes foram estimulados a pesquisar sobre os mais diversos assuntos que englobam esse tema com o objetivo de abrir as janelas e as portas da mente e passear pelo fantástico mundo do consciente, do inconsciente e do subconsciente. Essa investigação foi desenvolvida, a partir de relatos, fatos, notícias, vídeos, filmes, literatura, etc. relacionados ao tema loucura.

A peça ocorre em várias dependências da Oficina Cultural Mazzaropi, o público se desloca para assistir. A produção orienta que as pessoas optem por calçados confortáveis.

GRÁTIS

Ingressos distribuídos 30 minutos antes

25 lugares

Censura: 18 anos

Quando: 10/07/2012 a 13/07/2012 (apenas quatro apresentações, terça, quarta, quinta e sexta)

Horário: 20:30h

Local: Oficina Cultural Amácio Mazzaropi

Avenida Rangel Pestana, 2.401 - Brás - Cep: 03001-000 - São Paulo - SP (11) 2292-7071 amaciomazzaropi@oficinasculturai s.org.br

Acessiblidade: Não

Metrô: Estação Brás (Metrô e CPTM