Recents in Beach

header ads

Festival Porão do Rock - insano !!

pdr_


Foram dois dias insanos. Essa é a palavra que resume - no bom sentido - o que foi a 16ª edição do festival brasiliense Porão do Rock, nos dias 30 e 31 de agosto.

Cheguei ao aeroporto sem atrasos e a produção do evento já se encontrava lá para me recepcionar com uma van que me levou ao hotel, junto estava o ganhador da promoção PDR da Rádio Rock 89,1 com seu acompanhante. Fomos recebidos e credenciados no hall do hotel pela Nalva e os assistentes logo na chegada.
Check-in feito, hora de comer algo, ficar de bobeira, encontrar com as bandas que chegavam a todo momento, conhecer gente, fazer amizade e se preparar para o 1º dia do Festival.
As vans que nos  buscavam no aeroporto estavam disponíveis durante todo o evento, nos levando e trazendo do hotel para o estacionamento do estádio Mané Garrincha, local do show e vice-versa a qualquer hora. 
No evento nos disponibilizaram sala de fotografia, sala de imprensa e sala de coletiva de imprensa que podíamos usar a vontade caso aparecia uma entrevista arrumada de última hora. Eu mesma usei para entrevistar a banda Unconscious Disturbance, avisando a produção na hora que ia rolar e ela se encarregou de ficar na porta para avisar que a sala estava em uso.

Abaixo segue alguns destaques que passaram pelo festival:

Sexta-feira, 30 de Agosto:
O festival começou pontualmente as 18h, o público ia chegando devagar e somente lá pelas 20hs, no show do Dead Fish é que constatávamos alguma lotação. Os fãs agitaram o tempo todo e no final saudaram a banda  com a famosa frase, "Hey Dead Fish, vai tomar no cú"  O vocalista Rodrigo Lima ainda brincou "Essa frase é pessoal ou vocês estão se referindo a banda em geral?"
Nem Liminha Ouviu, banda do locutor Tatola da Rádio Rock 89,1 subiu ao palco por volta das 22h  com o seu repertório rock nacional dos anos 80. Não faltou no setlist "Nicotina" de Os Replicantes, "São Paulo" de 365 entre outros. O vocalista disse que estavam Felizes em cantar lá, e afirmou que em sua opinião não existe festival de Rock como o Porão.
Os fãs da banda Selvagens à Procura de Lei também compareceram, agitaram com a banda, pediram e cantaram todas as músicas. Infelizmente os músicos deixaram o palco sem tocar "Brasileiro", mesmo a pedidos de todos. Mas após o show eu conversei com os meninos e eles me explicaram que foram "expulsos" do palco. Não sei se foi por tempo esgotado, mas a real é que os técnicos simplesmente desligaram seus aparelhos para que eles saíssem o mais rápido possível. Não só "Brasileiro", mas outras músicas também ficaram de fora, comentaram inconformados.
Quando a banda brasiliense Capital Inicial subiu ao palco, não só a pista estava lotada, como também o 'photopit' estava completamente cheio. 
Sempre politizado, o vocalista Dinho Ouro Preto colocou um nariz de palhaço ao iniciar "Vamos Saquear Brasilia"  "Isso é para quando os deputados olharem para o povo", explicou.
Ainda pediu para galera votar Nulo, principlamente os mais novinhos e ofereceu a música "Que país é esse?"  para o deputado Natan Donadon."Viva o Congresso Nacional !!!", encerrou. 
No setlist tocaram "Mulher de fases" da também Brasiliense Raimundos. E para encerrar, 
"Veraneio Vascainaque Dinho comentou - "Veraneio foi composta para a policia de Brasilia, mas pelo o que está acontecendo com o País hoje, essa música vale para o Brasil inteiro".
Destaco também a banda Soufly, liderada por Max Cavalera, uma das atrações mais esperadas do festival. Com o mesmo set list do show no Carioca Club em São Paulo, a banda que está em turnê para o lançamento do álbum "Savages", fez uma apresentação impecável. Richie Cavalera, enteado de Max fez sua participação especial em “Bloodshed”, e João Kombi, guitarrista da banda Test  tocou  “Nailbomb” .
Max arriscou o começo de "Que Pais é esse?", ofereceu ao próprio Renato Russo contando que ele era muito fã de Sepultura.
Matanza subiu ao palco por volta das 2h encerrando o primeiro dia do festival  com um set list de peso ovacionado pelo público.


Sábado:
Da mesma forma que o dia anterior, o público começou a aparecer por volta das 20h. 
Os Paralamas do Sucesso foi uma da bandas mais aplaudidas do festival.  Era visível a emoção no rosto de Hebert Vianna em tocar na sua cidade. 
Em comemoração aos 30 anos de carreira, tocaram músicas escolhidas a dedo passando por todos os álbuns da banda. Usaram o mesmo clip de fundo da turnê com cenas de toda carreira da banda. Os fãs cantaram, aplaudiram, dançaram, pediram bis e se emocionaram junto com Hebert.
Mark Lanegan, ex-vocalista do Screaming Trees  era uma das atrações mais esperadas do dia. Com meia hora de atraso e a passos lentos Mark se dirigiu ao palco. Fez seu show acústico “When Your Number Isn’t Up” olhando para o chão quase que o tempo todo, tocando uma música atrás da outra e com apenas duas frases, "Tank You e "Tank You beaultiful people" , se retirou. Apático!
Ao contrário de Mark Lanegan, "Cyco Miko" com o Suicidal Tendencies chegaram quebrando tudo. Correram o palco literalmente o tempo todo e ainda o dividiram com vários fãs, fazendo uma grande festa.
Lobão encerrou oficialmente a 16ª edição do Porão do Rock com uma apresentação impecável. No setlist os grandes sucessos como as baladas "Me Chama", "Por tudo que for", passando por "Vida Bandida", "Rádio Blá" entre outras.

Em suma, foi um festival para ninguém botar defeito. 
Do pop ao rock passando pelo metal, punk uma pitada de indie, as bandas foram distribuidas em 03 palcos - de acordo com o som - em uma atitude corretíssima e o que pouco se vê em outros festivais.
Praça de Alimentação com preços nada tão absurdos, banheiros químicos sem muita fila, nenhuma ocorrência grave.
ONG Rodas da Paz fez uma parceria com  o Festival distribuindo o vallet bike. O Objetivo era incentivar o público a ir de bicicleta para o show. 
Os roqueiros radicais formaram filas para poder pular de bungee jump. Também teve pista de skate e rapel.
O único ponto negativo e gritante era a quantidade de lixo espalhado por todo estacionamento. Poucas lixeiras disponíveis.

De resto, eu afirmo com toda certeza que foi uma das minhas melhores coberturas, profissionalmente falando. E como fã, e opino também pelo que ouvi da galera, entre apresentações de peso e bandas novas que certamente farão história, o Rock simplesmente agradece !!!!!!

Mais fotos na fanpage. Clicaê!

IMG_0005 IMG_0006 IMG_0011 IMG_0020 IMG_0023 IMG_0028 IMG_0034 IMG_0038 IMG_0041 IMG_0050 IMG_0057 IMG_0061 IMG_0068 IMG_0090 IMG_0094 IMG_0109 IMG_0132 IMG_0136 IMG_0151 IMG_0173 IMG_0181 IMG_0220 IMG_0226 IMG_0228 IMG_0251 IMG_0256 IMG_0262 IMG_0273 IMG_0283 IMG_0292 IMG_0303 IMG_0306 IMG_0325 IMG_0336 IMG_0339